Notícias

Fã sacaneia Rob Liefeld em convenção e é criticado por quadrinistas

Alegria de fã: ver Rob Liefeld  numa convenção, pensar “essa é a minha chance”, ir até o cara e aproveitar para executar sua “vingança” pelas atrocidades que o desenhista cometeu com seus queridos personagens ao longo dos anos 1990 e 2000.

Foi o que fez o fã Ryan Coons na Chicago Comic-Con, no último fim de semana. Coons viu Liefeld em sua mesa, foi até o quadrinista e exigiu que ele pedisse desculpas por“Heróis Renascem”, a saga dos anos 90 na qual Liefeld assumiu as séries Capitão América e Vingadores. Liefeld resolveu não dar atenção para o fã, então Coons apelou: foi comprar uma edição do livro How to Draw Comics the Marvel Way (um guia dos anos 70 para desenhistas por Stan Lee e John Buscema), anotou seu nome, telefone e e-mail na primeira página, e levou-o de presente a Liefeld. Segundo Coons, o desenhista ficou“muito irritado”.

O incidente, contado no blog  de Coons, acabou virando um barraco na Internet. Escritores e desenhistas dos EUA aproveitaram para reclamar do “direito de posse” que os fãs acham que têm sobre os personagens, que aparentemente também lhes dá o direito de ser babacas com criadores. E a reclamação aconteceu no próprio blog de Coons, cujo post sobre o incidente já soma mais de 400 comentários.

Os comentários vão desde “Que carinha ridículo você é. Cresça e aprenda a ser decente” (do desenhista Skottie Young) até “O fato de Rob não ter pulado para dar um soco na sua cara de palerma diz muito sobre como ele é um cara com classe – e como você não é” (do escritor John Layman).

Cameron Stewart, Cully Hamner, Jamal Igle, Jimmie Robinson, Joe Jusko, B. Clay Moore,Chip Zdarsky, Ethan Van Sciver, Brian Wood, Justin Gray, Gail Simone e vários outros quadrinistas se juntaram ao coro no que acabou virando uma espécie de abaixo-assinado contra a falta de noção dos fãs em convenções. Como colocaram a desenhista Pia Guerra e o escritor Ron Marz, entre outros, não é o caso de defender Liefeld – de cujo trabalho ambos disseram não gostar – mas de aproveitar para mostrar bons modos aos fãs.

Liefeld, por sua vez, contou no Twitter que não ficou nem um pouco irritado com Coons. E que aproveitou o presente – repassou-o ao colega desenhista Marat Mychaels, que havia perdido seu exemplar num incêndio. “Adorei ver que as fotos [e vídeos, que estão no blog de Coons] não condizem com seu relato. Eu estou sorrindo. Estou sempre sorrindo.”

Etiquetas
Mostrar mais

Comics Zone

A Comics Zone estreou no dia 27 de março de 2014 com o objetivo de trazer o máximo de conteúdo sobre tudo o que acontece no mundo das histórias em quadrinhos.

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar